Simon & Garfunkel


Tradução:
Sound Of Silence
O Som do Silêncio

Olá escuridão, minha velha amiga
Eu vim para conversar com você novamente
Por causa de uma visão que se aproxima suavemente
Deixou suas sementes enquanto eu estava dormindo
E a visão que foi plantada em minha mente
Ainda permanece
Entre o som do silêncio

Em sonhos agitados eu caminhei só
Em ruas estreitas de paralelepípedos
Sob a áurea de uma lamparina da rua
Virei minha gola para frio e umidade
Quando meus olhos foram esfaqueados pelo flash
De uma luz de néon
Que rachou a noite
E tocou o som do silêncio

E na luz nua eu enxerguei
Dez mil pessoas talvez mais
Pessoas conversando sem estar falando
Pessoas ouvindo sem estar escutando
Pessoas escrevendo canções
Que vozes jamais compartilharam
Ninguém ousou
Perturbar o som do silêncio

"Tolos," digo eu, "vocês não sabem
O silêncio como um câncer cresce
Ouçam as palavras que eu posso lhes ensinar
Tomem meus braços que eu posso lhes estender"
Mas minhas palavras
Como silenciosas gotas de chuva caíram
E ecoaram no poço do silêncio

E as pessoas se curvaram e rezaram
Para o Deus de neon que elas criaram
E um sinal faiscou o seu aviso
Nas palavras que estavam se formando
E o sinal disse
"As palavras dos profetas
Estão escritas nas paredes do metrô
E nos corredores dos conjuntos habitacionais
E sussurraram o som do silêncio
........................................................
Sempre ouvi Simon & Garfunkel, desde de menina, Dona Rafa(minha mãe) colocava na 'Vitrola" seus precisosos discos de vinil(que até hoje estão brilhando de tão bem cuidados), e uma das músicas preferidas de minha mãe é esta "Sound Of Silence". Hoje sinto a profundidade da letra e melodia, então , hoje em especial, divido com vocês.


Bom final de semana.

4 comentários:

Gilson disse...

Andrea

Vc me emocionou, ótimo post, Simon & Garfunkel são uma perola para mim.

Abraços

G I L B E R T O disse...

Andrea

Simon & Garfunkel tornaram-se eternos no filme A PRIMEIRA NOITE DE UM HOMEM!

E era justamente essa música, linda, linda e linda!

Grato pela lembrança!

Gilberto
nel mezzo del cammim

EDER RIBEIRO disse...

E é de divisão assim que nos confortamos por saber que temos nos amigos, na sua história um pouco da nossa também. Bjos de encantamento.

Gilson disse...

Andrea

Obrigado pela força, fazer trabalhos com estes me gratificam demais, e trás uma alegria e uma paz interior indescritíveis.
Vou ver o link do Haikai e ver se consigo escrever algo ness sentido.
Estou atrás agora do DVD do Simon, vamos ver s consigo. Me deu sudade deles.

Abraço forte