Eu queria trazer-te uns versos muito lindos




Eu queria trazer-te uns versos muito lindos
colhidos no mais íntimo de mim...

Suas palavras
seriam as mais simples do mundo,
porém não sei que luz as iluminaria
que terias de fechar teus olhos para as ouvir...

Sim! Uma luz que viria de dentro delas,
como essa que acende inesperadas cores
nas lanternas chinesas de papel!

Trago-te palavras, apenas... e que estão escritas
do lado de fora do papel...
Não sei, eu nunca soube o que dizer-te

e este poema vai morrendo, ardente e puro, ao vento
da Poesia...
como uma pobre lanterna que incendiou!

Mario Quintana

14 comentários:

[ rod ] ® disse...

E eu quero dizer-te que o que pensas estás em consonância com todo o exposto... o ambíguo sentimento explode ao ser confrontado.

Bjs moça e obrigado pela visita por lá.

Livinha disse...

Lindo poema, quando espressa a profundidade de um querer... Sentimentos são sintonia no repasse do teu ser....

Andréa, obrigada minha querida pela visita lá no meu recanto,
eu adorei pra que mais palavras quando tão prontamente expressou o teu sentir... Lindo, lindo, obrigada.
Agora vou lá em tuas palavras soltas, gosto destas duas palavras, sempre que algo extravaza dentro de mim, que não seja em forma de poesia, uns dizeres qualquer como um suspiro sem causa, eu coloco no meu recanto e embaixo sempre escrevo:
Palavras soltas, pois que estas são as marcas, que escapam de nossas almas...

Vou lá
Bjss

marcelo dalla disse...

Ahhhhhhhhhhhhh sabe aqueles trovadores antigos, que se encantavam e enalteciam e amada... aquele amor ingênuo e platônico. Esse poema me lembrou que um dia isso existiu.
Será que existe ainda? Pelo menos nesse belíssimo poema de Mário Quintana.

bjos querida

Sonia Schmorantz disse...

Quintana nestes versos se superou muito, eles são divinos!
beijo

Adriana Karnal disse...

Que lindo esse poema...legal teres passado pelo meu blog...seguimos conversando.

A Magia da Noite disse...

se escrever com os dedos da alma sair-lhe-ão os mais belos verso de amor.

Sylvio de Alencar. disse...

Leio essas poesias como se vc as tivesse escrito...

Andrea disse...

Rod

Seus textos são intensos, que bom que entrei em harmonia....
e obrigada vc por dividir td isso...:)

Bjos moço

Andrea disse...

Livinha

Pra vc ne preciso dizer muitos elogios né? já me declarei no ultimo comentário..esta Blogosfera vale a pena por isso...existem pessoas aqui que são Pérolas...vc é uma delas, to quase fazendo um colar, fico feliz que isso seja a maioria...:)

Bjo grande e oabrigada por tuas palavras

Andrea disse...

Marcelo

Lembrei disso tbm!!...acredito que ainda exista aquele amor que faça isso acontecer...temos que acreditar né?:)

Sou apaixonada por Quintana, dispensa apresentações né?

Bjo!

Andrea disse...

Sonia...

Sou suspeita em falar, porque todos versos, textos e poemas pra mim tem grande significado..mas este é maravilhoso.

Bjo!

Andrea disse...

Adriana...

Com certeza continuaremos seguindo e conversando muito..:)

Bjo!

Andrea disse...

Sylvio

É, eu bem que gostaria, ..embora ele seja minha fonte de inspiração,to bem longe...muiiito que aprender...Soltar mais sentimentos, deixar aflorar o que tá guardado aqui dentro.

Bjos querido!

Andrea disse...

Magia

Toda palavra dita, seja qual for falada ou escrita por mim, será bendita...:)

Bjos