Fresta - Ju Rigoni
















Fresta

Olhar para dentro...
Experimentar o silêncio
mais profundo, -
submergir na escuridão
que cega...
tamanha é a luz
das suas respostas...

Olhar para dentro...
Revelar-se infinito,
onipotente,
e banhado em veneno,
finalmente,
perder-se
deste pequeno mundo
pequeno...

ju rigoni (1988)

.................................................
Ontem, um dia não muito bom, daqueles em que você acorda sorrindo, mas vai dormir chorando, eu, navegando pelos Blogs tive a “Feliz Felicidade”(como diz um querido amigo), de achar esta perola, em muitas que tenho seguido.

Para ser mais confessa, foi olhando a lista da querida Walkyria, do Blog Céu Aberto que acabei visitando o Blog da Ju Rigoni, Fundo de Mim II.
Me encantei, a sensibilidade é tão aflorada, que não tem como não se encantar.
Fui lendo alguns de seus poemas, fui ficando, ficando...mas este Poema acima me tocou na alma.
Comentei isso no Blog da Ju e repito aqui, me emocionei muito ao ler,
É lindo, lindo pra ficar guardado pra sempre.
Mantive sua linda formatação.

Obrigada Ju pelo carinho e generosidade ...:)
Um grande beijo.

E quem não conhece, visitem o Blog, encontrarão mais belíssimas poesias:
http://jurigoni.blogspot.com/



Bjo à todos, excelente final de semana.


8 comentários:

Lucas Matarazzo disse...

Chateado com você, foi muito bom, pena que não foi.
Casa lotada, ele tá muito feliz.
Mandei pelo email fotos,e sobre o roteiro do JP, dá uma olhada, e me liga para confirmar.Embarco na semana que vem, avisa que eu compro aqui, enfim, me liga, mandei recado pelo email e cel.

Linda foto acima.

Beijos

Fatima disse...

Lindo o poema. Vou lá conhecer.
Bjs.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

AI(amiga de infÂncia), entro aqui pra dizer que vc parece estar com faniquito de mudar de foto, e vc me citou, ainda dizendo que sou querida...ai,ai.

Andréia, é demais a Ju né... eu adoro descobrir o que o mundo tem de melhor. Afinal, neguinha, eu mereço tudo que tem de melhor.

Chega de miséria, quero o luxo. Tipo ter vc como amiga de infância, pq aaim desejamos.

Fique bem, não deixa essa corja de gente besta te afetar. Quer dizer, sempre tem uma corja, uns Miguelitos...deixa não, vai navegando, vendo cor, palavra e som bonito.

A arte cura e salva. A amizade tumbém.....

Andrea disse...

Lucas

Lido e respondido.
Fiquei com vontade comer massa...:(

Bjos*

Andrea disse...

Oi Flor!

Lindo né?...com certeza lá encontrará muito mais...:)

Bjo!

Andrea disse...

Wall!

Ri aqui, fui lá postar o comentário e vc tava aqui, eeeee sintonia boa né??rs Quase te convidei pra tomar café!!

Não foi nada de ruim não, pelo contrário...acordei sorrindo de novo, pq a vida é assim, aprendemos a levantar todos os dias e entender todas as formas diferentes de se viver.
E eu sei bem que não sou uma pessoa fácil...:)


Mas graças a Deus, existem pessoas maravilhosas pra fazer isso acontecer...vc está entre elas..:))

Bjo grande!

ju rigoni disse...

Oi, Andrea!

Hoje é domingo, dia da minha alforria, único dia em que o meu tempo parece crescer, e eu posso visitar os amigos com um pouco mais de calma.

Fico feliz, muito feliz, que tenhas gostado e publicado meu texto poético no "Tudo e Mais Um Pouco".

Bjs, Andrea, obrigada pelo seu carinho. Bjs. E inté!

Andrea disse...

Ju...

Eu que fiquei muito feliz em tê-la encontrado, seus poemas, textos são de uma sensibilidade e doçura...eu é que agradeço...obrigada pelo carinho.

Bjos pra ti e familia