Vou

Vou...

Apenas sigo,
Não tenho pressa.

Vou à calmaria
Sigo conforme a leveza da vida,
Às vezes dura e aflita
Outra mansa e doce
Vou com pés descalços
Passos pequenos,
Outrora tão largos,
Não chegaram em destino algum...


Vou pela música que toca.
Pela brisa fria.
Pelo cheiro do ar.
Vou pela estrada longa.
Pelo caminho ora deserto,
Ora multidão.


Vou...

Apenas sigo,
Não tenho pressa.


Com e sem medos,
Rindo, chorando.
Na vazão dos sentimentos
Rios turbulentos, correntezas.
Sem respostas,
Sem certezas,
Sem ter, ser...
Pura, Lúdica, sonhadora,
Um pouco menina
Um tanto mulher


Vou...

Apenas sigo,
Não tenho pressa.
Porque já foi tanta,
E dela, nada de bom restou em mim...

Andrea Galvez*

8 comentários:

Elcio Tuiribepi disse...

Andrea...Andrea...se te disser não vai acreditar, mas o conteúdo do seu poema bate com o do meu, acho o sentido muito parecido, depois você vai ver...caracole...coincidência mesmo ou a imagem que você escolheu naquela postagem já te estava escrita no seu subconsciente...rsrs
Tá vendo só...vai fundo, acredite, quando mais se escreve, quando mais se lê por aqui ou acolá, mais vontade dá de continuar interagindo, aqui no blog tem muita gente que escreve legal , cada um com seu estilo e ler cada um, tornou-se um aprendizado para este que vos escreve...portanto...vamos aprendendo...rs
Parabéns, é isso ai...bjo

Elcio Tuiribepi disse...

Ahh adoro Yanni tbm...valeuuu

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

A pressa de viver só nos faz sobreviver.
A vida deve passar fluida, leve...
Assim como seu poema.

Beijo

=)

Fatima disse...

Tão lindo Andrea!
Bjs.

tossan disse...

Moça o texto é fantástico! Então vá...Apenas siga...Beijo

Elaine Barnes disse...

Um poema doce e reflexivo,a conclusão que é melhor curtir cada passo e sentir por inteiro cada momento do que correr sem ver nada atrás de nada.Realmente não vale a pena. O tempo passa de qualquer jeito,a gente correndo ou andando.Melhor aprender com cada fase bem vivida do que superficialmente.Parabéns! bjão

Ricardo Calmon disse...

OLA AMADA ANDREA,PESSOA LINDA,AMADA NOSSA,VI SI E VI MAIS,EM PERCE
ER QUE EM UNIDADE ABSOLUTA E DE DADAS MÃOS A VIDA LOUVAMOS E TRIBUTAMOS,POIS VIVER,PURA MAGIA ÉÉÉ´!

VIVA LA VIDA!

Panacea disse...

Quanta inspiração Andrea! Lindas e suaves palavras. Parabéns! Abs