Mariana disse que Me Ama....:)



Vem cá tia Andrea, vou ficar com o “cabelo pra baixo”e você tira a foto....rs

São presentes assim que muitas vezes ganhamos e não nos damos conta.
Vi mariana assim que nasceu, era pequenina e já chorava em alto e bom som na pediatria do Hospital da Escola de Medicina e Oncologia Infantil aqui do ABC.

Fiquei simplesmente apaixonada por ela, o olhar ainda é o mesmo, um brilho de estrelinha, e ontem eu que algum tempo não caminhava no Parque aqui da minha cidade, em Santo André, vejo Josely, a Mãe de Mariana sentada em um dos bancos olhando a filha correr de lá pra cá.

Faziam alguns meses que não as encontrava, já que passei algum tempo afastada das minhas corridas diárias, quando não eram às 06:00 da manhã, eram as 16:00hrs, neste horário as duas sempre estavam ali.

Não precisei nem dizer nada, Josely quando me viu, me deu um abraço tão apertado que valeu por todo o tempo que não tive notícias dela e de Mariana.

- Olha isso menina!
- Meus Deus, como Mariana ta linda!
- Pois é, ta sapeca, não para, e eu fico feliz por isso, fico o tempo todo atrás dela, fala o tempo todo, corre o tempo todo...Quem poderia imaginar, você mesmo viu, mal podíamos ficar com ela no colo com tantos cuidados, olha só agora, ela é minha personal trainee!
Nem preciso de academia.(Era visível a felicidade de Josely ao falar)
- Isso é muito bom!Estou muito feliz por vocês, muito!

- Vem cá Mariana, dá um abraço na Tia !
E lá vem ela correndo, perninhas tortas, com riso de ponta à ponta.
Um abraço boooom... que Ela completa com um beijo com cheirinho de bala.

Josely olhou pra Mariana e disse:
O que nos falamos para uma pessoa muito querida e especial pra nós?

Ela me olhou com aqueles olhinhos de estrelinhas e disse:
-Te amo tia...
-Eu também te amo Mariana....
.............................................................................................................
Mariana nasceu em 22 de novembro de 2005, dois dias depois do meu aniversáriocom uma doença rara, mas que foi curada devido ao grande poder hoje da medicina e de profissionais que amam o seu trabalho e acreditam em Deus acima de tudo.
Postei isso hoje, porque para mim foi um dos mais lindos presentes que ganhei este Ano, em especial no dia de ontem,ouvir de Mariana e sentir o quando a vida pulsa e nos contagia neste ser tão pequenino e que com certeza dará muitas alegrias à sua família.
Infelizmente nem todos tem esta mesma sorte, não possuem o atendimento adequado à tempo, e também por diversas vezes são abandonados pelos seus genitores, que na verdade não podemos chamar de pais.

Acredito ainda que Doar é importante, mas Doar-se é muito mais.
O que cura na verdade é a dedicação, o amor, e o calor humano.
Sempre digo à um Amigo querido, não sou Madre Tereza, mas realmente me preocupo com estes seres indefesos e faço um pouco, do muito que a vida deu de presente, e recebo esta maravilha que descrevi hoje.
Não preciso mais que isso, porque só este sorriso já me dá mais do que doei até hoje , que pra mim ainda é pouco...:)

Bom dia pra vcs!:)

8 comentários:

Pri Guti disse...

Nossa que presente mais lindo e emocionante mesmo. Adorei a maneira que descreveu suas impressões.
Sabe, as vezes quando fico cansada de correr atrás da Luiza, deveria pensar mais antes de reclamar por qualquer cansaço. Seu post foi super importante para mim hoje, um presente para olhar mais de perto para estes momentos da minha filhota, e olha que eu só vivo em função dela, rsrsrsrs
Um grande beijo!!!!

O Profeta disse...

No sul mora a saudade
No peito de mulher sem nome nem guarida
Que percorre a beira-mar entoando
Um chamamento de nostalgia

Porque o amor não se detém
Às vezes enlouquece a loucura
Tempestade ou bonança
Planta sedenta da ternura


Boa semana



Mágico beijo

ligado em imagens disse...

No mar
profundo
fecundo
o monte
de fronte.
No espaço
abraço
enlaço
alado.
No mar encerro tudo,
lembrando o meu passado.

Sofro
contigo.
Tu sofres
depois.
O monte
assiste.
Sofremos
os dois.
Eu sou tuas
ondas,
na tua amplidão...
Vou - Lembro o amor que se foi.
Volto - Trago uma ilusão...


Também
banais
iguais
no sofrer
sem fim.
Por que
saber
sem ser
assim?
O mar
amar
sonhar
sonhar
o mar...
Ah! mar!...
Amado.
A noite vai chegando
o dia vai morrendo...
Eu me faço Sol
vou me escondendo.
Dormir
no infinitivo
de um amor
passado.

28/09/2008 Publicada por Andrea B. Galvez

Xana disse...

que bonitooo menina, é tão bom ouvir te amo :)

beijinhos amiga!

mariab disse...

e o que há de melhor na vida que esse sorriso lindo? beijos

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Andrea, já havia lido a sua postagem, e vejo o quanto isso mexe contigo, é que me identifico com essas situações por demais...Participei dquele projeto amigos da escola por alguns anos, e só parei por caus da doença de meu pai...
Eu ensinava volei para a garotada, consegui bolas, duas redes e duas arvores para colocar a rede no pátio da escola, a natureza foi amiga...rsrs
Foi uma experi~encia gratificante, uma troca super boa, assim vejo seu momento aí com a Mariana...que você continue se emociondo sempre com esses pequenos grandes detalhes que a vida nos oferece, fico feliz por você...um abraço na alma...e obrigado por seus poments também...;valeuuuuuu

mar e ilha disse...

Que estória linda e que bom vc participar dela. E como já disseram é tão bom ouvir eu te amo. Ainda mais de uma criança que na sua inocência não mente. Adorei seu blog.

Haroldo Cyrillo Gutierrez disse...

Que bacana Andrea! Adorei a forma como narrou esta pequena história. Ajudou a lembrar da importância de viver com carinho cada momento desta nossa linda passagem pela vida. É assim que tem que ser, principalmente quando se tem uma família, um trabalho e muita saúde. Olha, gostei de saber que gosta das corridas. Continue firme com esta prática, sempre com moderação. A saúde agradece! Grande abraço!