Quebre o Gelo

Sempre fui uma pessoa muito bem resolvida, entre erros e acertos nada fez mudar minhas atitudes e palavras. Talvez por isso não tenha aproveitado algumas coisas que passaram por mim e quando me dei conta já era tarde, porque algumas não têm como voltar atrás.
Cresci em uma família estruturada, mas tivemos sim, problemas como qualquer outra família, afinal, ninguém é perfeito, se assim o fosse, com certeza estaria sendo crucificado de alguma forma.
Aprendi muito viajando fora do meu país, mas nada tirou minhas raízes daqui.
Por ser de Escorpião, sempre fui muito individualista, e por isso não aceitei muito ser questionada ou até conduzida por outra pessoa, derrepente , a vida a dois foi mais complexa do que eu imaginava.

O melhor disso é que amadureci aos poucos, apesar de me achar por vezes velha demais em pensamentos “cronologicamente” adiantados na minha idade, sempre fui muito responsável, por tudo e qualquer coisa na minha vida.

Vivi momentos mágicos e significantes ao ponto de me fazer voltar escrever poemas que ficam guardados em linhas que por diversas vezes me atrevo a colocar aqui, outros, me reservo à quem o tem de direito, são presentes que recebemos da vida sem pedir nada em troca.Embora a concordância nunca seja total, tem que se haver respeito, e reservas naquilo que se diz , afinal, quem somos nós para pré-julgamentos não é mesmo?O que levamos desta vida a não ser nosso corpo, e o que deixamos aqui?Nossas lembranças, nossos momentos, sejam eles bons ou ruins, ficarão presos em algum lugar, e se for algo bom, ficará a sensação de sua presença em algum instante da vida desta pessoa.

Tudo é lógico e objetivo quando você acredita ser. Ninguém faz de você nada diferente do que é, nenhum ser humano tem esta capacidade, nem que você permita isso.
Seu EU está ali, independente de tudo a sua volta.

Quando postei este trecho abaixo da Cecília( Arte do Olhar), era isso que queria dizer, se você olhar com amor, verá coisas boas, se olhar com ira, nada frutificará a não ser ervas daninhas em seu coração.Existem momentos na vida que pré-julgar algo está fora de cogitação, então um conselho de quem pode dá-lo com toda propriedade neste momento da vida:

“Viva intensamente, faça tudo com paixão, e se o fizer, não espere troca, receber de volta, apenas viva, e guarde pra si coisas que façam bem ao seu corpo, as ruins? Jogue-as fora, sem medo, porque estas, se as guardar, elas vão sair pelo seu corpo de alguma forma.Fale quando tiver coisas construtivas para o outro, senão cale-se e espere o momento certo pra isso, a vida é cheia de surpresas boas, quem sabe tem uma logo ali a frente pra você.”

Bjo grande
P.S: Desculpem o longo texto, é que as vezes é preciso falar em linhas onde a voz não chega”

7 comentários:

Ernani Netto disse...

Viver intensamente é isso aí, não esperar mais que ser feliz por nossos atos!

Bjaum

Crystal disse...

Adorei!

Voce conseguiu expressar exatamente o que eu penso, sinto... e muitas vezes não consigo demonstrar, fazer com que as pessoas entendam.

Otima escolha da imagem, não poderia ser melhor!~

Beijos cristalinos

tossan disse...

As vezes é preciso aprender a só ser. Belo texto! Beijo

Eduardo Miguel disse...

De alguma forma fiquei muito tocado com suas palavras e pude sentir um certo tom de cobrança consigo mesma o que não acho justo, Drumond já dizia cada qual cada qual único e com suas próprias características algumas nem melhor nem pior só diferentes e não há pecado ou culpa em ser diferente sua alma e energia de alguma forma me toca e adoraria sentir que de alguma forma haveria em simples palavras que escrevo algum conforto e carinho, o amor tem várias faces mas será sempre o amor, pode ser de mãe, de amante, amigo ou até desconhecido o que vale é que seja amor assim ou assado desta ou aquela forma por isso se permita mais amando a própria vida e quem sabe não se descubra um pouco leve e solta...
Andréia não me leve á mal em minha intromissão, de alguma forma fiquei muito tocado com seu relato e depoimento e de alguma forma quero que se sinta livre para seu próprio viver sem culpa nem cobranças, livre leve e solta!
Felicidades é o que lhe desejo, beijos na dona Rafa.

Haroldo Cyrillo Gutierrez disse...

Oi Andrea. Gostei como descreveu, em poucas pitadas, um pouco mais de você. É ótimo externar sentimentos quando assim é desejo, sem qualquer prendimento às consequências. Continue fazendo o que gosta e produzindo seus poemas. Bom pra você e bom para quem os quer ler. Abraços!

Xana disse...

Fala sempre e alto quando quiseres, alguém há-de ouvir !
beijinhos e bom fim de semana

Beatriz Vieira disse...

olá Andrea

Gostei muito dessa postagem.
Apesar de estar expondo coisas pessoais suas, está acima de tudo que você está viva e em metamorfose constante.. isso é bom!
Se tiveres tempo, veja esse vídeo sobre Nietzsche..
http://fr.truveo.com/Especial-Nietzsche-Viviane-Mos%C3%A9-Caf%C3%A9/id/2264452149

Vai adorar
Beatriz