Ele e o Mar


Ele saudou o mar
Fez uma prece ...
Mergulhou, sentiu o sabor do sal
Lavou-lhe a alma
Deu-lhe paz, luz, energia...

Então ele apenas saiu d'água sorrindo,
com a leveza que só os bons espíritos
tem a oportunidade de sentir...

Andrea*




 Bem cedinho ouvi o som do mar, senti a brisa da manhã...
Acordei assim...:)






Música boa pra se ouvir...

8 comentários:

HSLO disse...

Nossa que saudade do mar...


abraços]


Hugo

Fatima disse...

Quem me derá!
Acordei com o som da campainha. Era meu vizinho pedindo a escada para trocar as lampadas da casa dele.
Cada um com o amanhecer que merece né frô!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Bjs.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

O mar vai buscar a nossa essência inicial.
Talvez por estar constantemente começando e terminando nos seja tão caro.
Aqui em Fortaleza o mar tem gosto de vida.
Lindo poema.
Linda semana para ti.

Andrea disse...

Hugo!
Não por isso...vá visita-lo e mata esta saudade...bom demais pés na areia, mar!...:)

Abraços!:)

Andrea disse...

Fátima...eu ri, ri, e ri..rsrsrs
vc é uma figura!
Vamos dizer que usei uma metáfora...estou em Itu(só tem lago, rs)e tá um calorrr...., mas acordei com o som do mar...capice??rs

Na verdade fui despertada!:)
O mar veio até mim...rs

Terra do faz de conta...rsrsrs

Bjo Flor...ótimo domingo!

Andrea disse...

Aluísio

Água é vida, energia pura...o mar pra mim tem um significado muito especial...

Belas palavras...

Obrigada por tua visita , seja sempre bem vindo..

Kika disse...

Lindíssimo verso!!!

Andrea disse...

Kika...

Obrigada viu!
sempre bom vc aqui..:)

Bjo, boa semana...!